Você conhece estes 5 benefícios do alho para os idosos?

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram

Comumente utilizado como tempero e, assim, dando um especial isso para as receitas, o alho é um alimento bem explorado pelos brasileiros. O que muita gente talvez não saiba é que existem diversos benefícios do alho, ainda mais para os idosos.

Essa planta comestível faz parte do gênero Allium e, ao longo dos séculos, foi muito usada por diferentes civilizações, como egípcios, gregos e romanos por causa das suas propriedades medicinais.

Além de ter poucas calorias, o alho é bastante nutritivo, contando com substâncias como vitamina C, proteínas, manganês, carboidratos e vitamina B6. Ele também tem a alicina que, dentre outros benefícios, ajuda a melhorar a pressão arterial. Para saber mais sobre as vantagens desse alimento na terceira idade, continue a leitura!

1. Melhora a imunidade

A imunidade está diretamente relacionada com a nutrição. Basicamente, o que você come influencia na capacidade do seu sistema imunológico de se defender de agentes externos.

O alho, além de evitar que o organismo fique vulnerável a micro-organismo, também consegue acelerar a recuperação do corpo em casos de resfriados ou gripes, por exemplo. Sendo assim, ele é um ótimo antimicrobiano e antiviral. Inclusive, atualmente, suplementos de uso diário com cápsulas de alho tem sido bastante difundidos.

2. Melhora a saúde dos ossos

Um dos maiores benefícios do alho para a população idosa é a capacidade de reduzir a perda óssea e, inclusive, aumentar os níveis de estrogênio nas mulheres, ainda mais aquelas que estão passando pela menopausa.

Com isso, o alho consegue aumentar a longevidade, já que a saúde dos ossos na terceira idade sofre uma queda considerável e, assim, pode prejudicar a qualidade de vida.

3. Mantém o equilíbrio do colesterol

O nosso corpo tem dois principais tipos de colesterol: o HDL, considerado bom, e o LDL, considerado ruim. Se o colesterol ruim estiver em excesso no corpo, há riscos de derrame ou infarto.

O alho consegue reduzir os níveis do colesterol LDL sem que o HDL sofra com a redução. Por isso, o alimento consegue manter equilíbrio ideal do colesterol no organismo humano.

4. Reduz a pressão arterial

Ao facilitar a circulação sanguínea, por ser anticoagulante, o alho reduz a pressão alta e, assim, consegue prevenir os riscos de trombose. Vale lembrar que as doenças cardiovasculares, tais como derrames e ataques cardíacos, são a principal causa de morte em todo o mundo.

Nesse contexto, a hipertensão arterial é um dos principais desencadeadores dessas enfermidades. Enquanto isso, o consumo das cápsulas tem ótimos resultados na redução da pressão arterial de quem sofre com isso.

5. Previne a demência e a doença de Alzheimer

Por ser antioxidante, um dos principais benefícios do alho é proteger o organismo dos danos oxidativos causados pelos radicais livres presentes no cérebro, que contribuem para o processo de envelhecimento.

Além disso, ao conseguir reduzir a pressão arterial e o colesterol, esse alimento também está diretamente ligado com a prevenção da demência e da doença de Alzheimer, que atinge cerca de 1,2 milhão de brasileiros.

Dessa forma, existem diversos benefícios do alho na terceira idade. Por isso, o ideal é consumi-lo com frequência, na sua forma crua, ou aderir às cápsulas que vão potencializar ainda mais as vantagens desse alimento.

Gostou deste artigo? Para espalhar essas informações importantes, compartilhe o post nas suas redes sociais!

Dr Rayane Pimentel

Dr Rayane Pimentel

Nutricionista
Nutri Advisor - Central Nutrition
@rayannepimentel.nutricionista

Você também pode gostar