Como começar a consumir maca peruana? Entenda aqui

Como começar a consumir maca peruana?

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram

Se você procura aderir a uma alimentação mais saudável, certamente já se perguntou como consumir maca peruana. Isso porque o produto se popularizou bastante mundo afora devido aos benefícios que promove.

A MACA é nativa das Cordilheiras dos Andes, e não necessariamente do Peru (já que as cordilheiras ocupam 7 países), sendo caracterizado como um tubérculo. Existe a estimativa de que ele foi cultivado há mais de dois mil anos pelos incas, fornecendo uma fonte de vitaminas, minerais, proteínas e carboidratos importantes.

Neste texto, vamos falar melhor sobre o que é a maca peruana, quais são as suas vantagens para o organismo humano, como introduzi-la na alimentação e as diferenças entre os tipos de produto voltados para o homem e a mulher. Confira!

Quais são os benefícios da maca peruana?

Cultivada a 4.000 metros de altitude, a maca peruana fornece diversos benefícios para os seres humanos, que vão desde a recuperação da saúde até a reposição hormonal. Ela ganhou bastante popularidade devido à composição, apresentando vitaminas B1, B2, B12, C e E, fósforo, ferro, cálcio, aminoácidos e muito mais.

Por isso, as vantagens no consumo desse produto chamam bastante atenção. A seguir, veja quais são as principais delas.

Fornece energia

A maca peruana consegue fornecer energia, pois aumenta a concentração de ácidos graxos no corpo, o que ajuda no combate ao cansaço e melhoria do rendimento físico e mental. Aliás, ao oferecer energia, ela também favorece o aumento da resistência por causa dos níveis de antioxidantes, entre eles a glutationa.

Aumenta a libido

Não é à toa que a maca peruana é chamada de “viagra dos incas”. O alimento é capaz de aumentar o desejo sexual, revelando-se como um estimulante sexual. Além disso, ele consegue auxiliar no aumento da fertilidade.

Ajuda a emagrecer

Quando as pessoas veem que a maca peruana tem carboidratos, muitas se assustam e pensam que ela pode provocar o acúmulo de gordura. No entanto, o que acontece é o contrário, já que o alimento auxilia no emagrecimento.

Ainda que seja rico em carboidrato, o produto apresenta grande quantidade de fibras. Elas agem no intestino, facilitando a absorção e digestão dos nutrientes. Por isso, ajuda na perda de peso e ganho de massa magra.

Combate o diabetes

Devido à alta concentração de fibras, a maca peruana reduz a velocidade da absorção da glicose, inibindo também a ação dessa enzima na digestão, o que causa a diminuição da quantidade de insulina que é liberada. Desse modo, ajuda na prevenção do diabetes.

Fortalece o sistema imunológico

O tubérculo promove o fortalecimento do sistema imunológico por conter vitaminas do complexo B, vitamina C, zinco, ferro e magnésio. Assim, os níveis de imunidade ficam bem equilibrados.

Protege o coração

Uma das principais vantagens desse alimento é a prevenção de doenças do coração. Isso ocorre devido à presença do ômega 3, que reduz o nível de colesterol ruim, mantém o nível ideal de colesterol bom e ainda tem efeito vasodilatador.

Além disso, a maca peruana tem aminoácidos que ajudam no controle da gordura no sangue, o que é benéfico para o controle da hipertensão.

Reduz a ansiedade

Quem sofre com a ansiedade pode ter na maca peruana uma importante aliada. Afinal, o alimento está diretamente ligado à produção hormonal e aumento da vitalidade, o que proporciona a redução da ansiedade e sintomas da depressão.

Esse benefício existe devido à presença dos flavonoides, que são compostos vegetais, provocando mais disposição e ânimo.

Aumenta o desempenho nas atividades físicas

Seja consumida antes ou depois das atividades físicas, a maca peruana tem papel interessante no desempenho esportivo. Afinal, além de dar mais energia para o treino, ela também ajuda na redução da fadiga e dores musculares, porque reduz a concentração de ácido lático e malônico.

Previne a osteoporose

Por ser rica em cálcio, o tubérculo consegue fortalecer a saúde óssea e, assim, prevenir problemas como a osteoporose. Vale lembrar que, após a menopausa, as mulheres ficam com o hormônio protetor dos ossos, que é o estrógeno, bem reduzido, então usar esse alimento ajuda no fortalecimento dos ossos.

Como consumir maca peruana?

Você já viu que a maca peruana fornece diversos benefícios, mas isso não significa que ela deve ser consumida de qualquer modo. Por isso, é importante destacar que, geralmente, o seu consumo é recomendado de 1.000 a 5.000 mg por dia.

Então, você pode adotá-la nas suas refeições de diferentes formas. A seguir, veja algumas delas:

  • frutas – você pode colocar a maca em cima da salada de frutas ou misturá-la aos ingredientes;
  • farinhas – ao fazer bolos ou receitas como pães, é possível acrescentar o tubérculo;
  • café da manhã – logo pela manhã, polvilhe um pouco de maca peruana no café;
  • pastas – se você tem o hábito de fazer pastas, como de amendoim, abacate e berinjela, experimente acrescentar o pó a elas;
  • cereais – o tubérculo pode ser facilmente misturado aos cereais e consumidos como café da manhã ou da tarde;
  • vitamina – outra opção é adicionar a maca peruana a vitaminas.

Antes de sair por aí em busca da maca peruana, vale lembrar que existe um tipo específico para homens e um para mulheres. Isso porque a primeira apresenta estímulo à produção de testosterona, hormônio masculino, aumentando também a quantidade de sêmen. Desse modo, se for utilizada por uma mulher, pode desregular a produção desse hormônio no corpo dela.

Outra diferença quanto às macas é que elas podem ser encontradas em cápsula ou em pó. Em ambos os casos, a dosagem recomendada permanece a mesma. No entanto, enquanto o pó pode ser misturada em receitas, como as que citamos anteriormente, a cápsula deve ser ingerida normalmente.

Agora você já sabe como consumir maca peruana, não é mesmo? Afinal, já sabe as características desse tubérculo, os seus benefícios e como ele pode ser adotado no dia a dia. Por outro lado, lembre-se que o consumo desenfreado não é recomendado, então o melhor é procurar um profissional para que ele possa fornecer as orientações ideais sobre a ingestão.

Tirou todas as suas dúvidas sobre a maca peruana? Caso tenha se interessado em começar a adotar esse tubérculo no seu dia a dia, entre em contato conosco para ver as nossas opções de produtos!

Dr Rayane Pimentel

Dr Rayane Pimentel

Nutricionista
Nutri Advisor - Central Nutrition
@rayannepimentel.nutricionista

Você também pode gostar