Como deve ser uma dieta pós-cirurgia bariátrica?

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram

A cirurgia bariátrica é um dos tratamentos indicados para a obesidade. Você que está perto de passar por esse procedimento, já deve saber que são necessários diversos cuidados no período que antecede a cirurgia — acompanhamento psicológico e nutricional a longo prazo fazem parte das exigências.

No entanto, engana-se quem pensa que após a alta hospitalar os cuidados deixam de fazer parte da rotina. Após o procedimento é indispensável adotar um estilo de vida saudável para que você mantenha os resultados esperados. E esses cuidados devem ser iniciados logo após a cirurgia.

Você sabia que são necessários diversos cuidados com a sua alimentação no pós-operatório? Hoje falaremos sobre a dieta pós-cirurgia bariátrica. Ficou curioso? Então, veja essas dicas!

Consistência da dieta

O principal objetivo da alimentação após a cirurgia bariátrica é auxiliar o corpo a se adaptar a sua nova realidade. A evolução da consistência da alimentação segue algumas fases, vamos ver quais são elas?

Primeira fase

Em um primeiro momento, é indicado ao paciente a dieta líquida sem resíduos para facilitar o esvaziamento gástrico e prevenir a obstrução intestinal. Essa fase dura de 24 a 48 horas e são ingeridos chás, sucos não ácidos, caldos naturais de carne, frango ou legumes e água, durante todo o dia e em pequenas porções.

Segunda fase

Depois das primeiras 48 horas, geralmente, o paciente fica em um período de 2 a 4 semanas na dieta líquida — essa é a segunda fase do pós-operatório. Ao contrário da primeira, que só era permitido caldos claros, aqui já podem ser incluídas vitaminas, mingais, sopas ralas batidas e coadas, iogurte e leite desnatado, entre outros alimentos.

Terceira fase

A última fase também pode durar de 2 a 4 semanas. Após cerca de 30 dias a dieta pós-cirúrgica bariátrica passa a ser pastosa. Esse período é muito importante, pois, serve para dar início à mastigação e digestão. Carnes desfiadas ou moídas, ovos-moles, arroz em papa, frutas macias, purês e legumes bem cozidos já podem ser incluídos no cardápio — bem melhor, não é mesmo?

Apenas lembre-se de uma coisa: suas refeições sempre devem ser fracionadas. Ou seja, nada de comer muito de uma vez. Distribua suas refeições em cerca de 6 a 8 vezes ao dia, coma devagar e dê poucas colheradas em cada refeição.

Depois dessas três fases chegou a hora de voltar para a dieta de consistência normal. Vamos ver os cuidados que precisam ser tomados?

Industrializados

Você deve evitar a todo custo alimentos industrializados e ricos em açúcar. Consumir esse tipo de comida pode levar a complicações na sua cirurgia e, até mesmo, ao reganho de peso. Portanto, cuidado!

Alimentos proteicos

Priorizar o consumo de alimentos proteicos é muito importante, pois eles não só ajudarão na sua saciedade como também evitarão a perda de massa magra. Portanto, carnes, leguminosas, ovos, devem fazer parte do seu cardápio.

Suplementação alimentar

A suplementação alimentar é sempre necessária após a cirurgia bariátrica, pois, são comuns deficiências de nutrientes como cálcio, ferro, proteínas, vitaminas do complexo B etc. Sendo assim, não deixe de consultar um profissional da saúde para realizar a suplementação de forma adequada.

Moderação e equilíbrio

A moderação e o equilíbrio serão a sua melhor amiga após o procedimento. Lembre-se de comer alimentos variados, saudáveis e em poucas quantidades. Quanto mais saudável for a sua alimentação, menor será a chance de reganho de peso.

Como você pode ver há diversos cuidados que devem ser tomados na dieta pós-cirurgia bariátrica. Portanto, não deixe de procurar um profissional, pois, apenas ele poderá tirar todas as suas dúvidas sobre esse processo e auxiliá-lo em caso de dúvidas.

E aí, gostou das dicas que listamos aqui? Então entre em contato conosco e saiba mais sobre os nossos produtos.

Dr Rayane Pimentel

Dr Rayane Pimentel

Nutricionista
Nutri Advisor - Central Nutrition
@rayannepimentel.nutricionista

Você também pode gostar