Descubra agora como prevenir a osteoporose e cuidar dos ossos

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram

De acordo com a Abrasso (Associação Brasileira de Avaliação Óssea e Osteometabolismo), cerca de 10 milhões de brasileiros sofrem de osteoporose. A doença é mais frequente naqueles que já passaram dos 50 anos, sobretudo as mulheres, após a menopausa.

Essa doença ocorre quando há uma perda na densidade óssea, tornando os ossos frágeis e quebradiços. Geralmente, os pulsos, a coluna vertebral e o fêmur são as partes mais afetadas.

No entanto, por que essa doença ocorre? Como prevenir a osteoporose? Se você está interessado em saber como cuidar e proteger a saúde dos seus ossos, confira as dicas que separamos para este artigo. Boa leitura!

Por que a osteoporose acontece?

O tecido dos ossos é frequentemente renovado, isto é, células velhas são removidas e repostas por células novas. O organismo faz isso automaticamente. No entanto, o processo de envelhecimento diminui a efetividade desse mecanismo, pois a reposição da massa dos ossos fica mais lenta. Isso torna os ossos porosos e frágeis, tanto que a pessoa pode só descobrir que sofre da doença diante de uma fratura.

Em geral, considera-se a perda de densidade óssea um processo comum durante o envelhecimento. As mulheres tendem a sofrer mais com o problema após a menopausa, pois a produção de estrogênio (hormônio que fixa cálcio nos ossos) diminui muito após o fim do período fértil da mulher.

Além disso, sabe-se que a deficiência de cálcio (mineral essencial à formação dos ossos), doenças reumáticas, hipertireoidismo e doenças renais também são quadros associados à doença.

Como prevenir a osteoporose?

A osteoporose não tem cura, mas algumas mudanças no estilo de vida podem ajudar a evitar o seu surgimento ou a diminuir o seu agravamento. Confira as dicas.

Mantenha uma dieta equilibrada

Como se diz popularmente, “você é o que você come”. Isso significa que a composição dos nossos ossos depende diretamente da qualidade dos nutrientes que consumimos. Por isso, a dica é manter uma alimentação balanceada e rica — sobretudo em cálcio, em vitamina D e em magnésio. Esses nutrientes são muito importantes na composição da estrutura óssea. Assim, consuma regularmente leite, queijos e iogurtes — essa é uma ótima maneira de prevenir a osteoporose.

Além disso, evite alimentos gordurosos e ricos em carboidratos, pois eles podem levar ao aumento de peso. O sobrepeso pode provocar um desgaste nos ossos e nos músculos, aumentando as dores e o risco de fraturas.

Atente-se ao uso de medicamentos e causas secundárias

Em alguns casos, a osteoporose é uma doença secundária, ou seja, ela não é o problema, mas uma consequência de outra doença. Hipertireoidismo, doenças reumáticas e doenças renais podem desencadear o problema. Por isso, é essencial realizar um acompanhamento médico para tratar desses problemas iniciais, caso contrário, não adiantará tratar apenas a osteoporose.

Além disso, o uso de medicamentos com corticoides, hormônios da tireoide, heparina e antiepilépticos também tem sido associado ao desenvolvimento da osteoporose. Quem faz uso dessas medicações deve, portanto, ficar mais atento ao surgimento da doença.

Evite o álcool, o café e o fumo

O consumo excessivo de álcool diminui as reservas de cálcio e interfere na absorção de vitamina D, dois fatores que potencializam o avanço da osteoporose. Quanto ao tabagismo, os componentes do cigarro na corrente sanguínea prejudicam o funcionamento das células osteoblásticas, responsáveis pela reconstrução dos tecidos ósseos.

Por fim, até mesmo o café com leite, tradicional bebida do desjejum dos brasileiros, pode ser um potencial vilão, dado que o café prejudica a absorção do cálcio pelo organismo. Dessa forma, evitar as bebidas alcoólicas, reduzir o consumo de café e parar de fumar também são três formas de como prevenir a osteoporose.

Pratique exercícios físicos com regularidade

O sedentarismo também é um fator de risco para a osteoporose. Por isso, a prática regular de exercícios físicos tem efeitos muito benéficos na prevenção da doença. Ela aumenta a fixação de cálcio nos ossos, ajuda a manter a densidade óssea, fortalece a musculatura e as articulações, auxilia na manutenção do peso, favorece o equilíbrio e previne as quedas e as fraturas.

As atividades aeróbicas e que promovem força e flexibilidade são as mais indicadas. Entretanto, é preciso que cada pessoa saiba respeitar a sua idade e as suas limitações físicas individuais, contando preferencialmente com a supervisão de um profissional.

Tome sol

A vitamina D ajuda a concentrar o cálcio no organismo, regulando a atividade das células que repõem constantemente o tecido ósseo. Por esse motivo, baixos níveis de vitamina D também têm sido associados ao desenvolvimento das doenças dos ossos.

A produção de vitamina D no organismo ocorre quando consumimos alimentos de origem animal (como peixes, ovos e leite) e principalmente quando nos expomos à luz solar por alguns minutos do dia. Assim, tomar sol diariamente é também uma medida eficaz sobre como prevenir a osteoporose.

Faça a densitometria óssea periodicamente

A densitometria óssea é um exame médico que permite que seja feita uma avaliação da densidade dos ossos das pessoas. Assim, ela faz o diagnóstico de osteoporose, avalia o grau de evolução da doença e também identifica a probabilidade de fraturas a que o paciente está exposto.

Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), o exame é recomendado anualmente para mulheres após os 65 anos e para homens a partir dos 70. Entretanto, em caso de fraturas, presença de outras doenças ósseas, fatores de risco ou evidências de osteoporose em radiografias simples, o procedimento pode ser realizado antes dessa faixa etária.

A suplementação pode ajudar na prevenção?

Sim! A suplementação de cálcio e de vitamina D é recomendada para a manutenção da massa óssea, sobretudo nas pessoas que apresentem deficiência nesses nutrientes, que tenham dietas pobres em leite e em seus derivados, que não pratiquem exercícios físicos e que tenham um estilo de vida com baixa exposição ao sol.

Que as dicas acima tenham sido úteis para que você saiba como evitar e como amenizar os efeitos dessa doença tão comum em nosso país. Agora, você já sabe como prevenir a osteoporose e, sempre que precisar, pode contar com os suplementos de qualidade da Central Nutrition — referência em suplementos nutricionais sob medida, com o objetivo de promover qualidade de vida!

Se você gostou deste artigo, não se esqueça de compartilhá-lo em suas redes sociais, afinal de contas, você ajuda outras pessoas a terem uma vida mais saudável quando divulga informações relevantes!

Você também pode gostar