Você sabe como prevenir a osteoporose?

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram

A osteoporose é uma doença assintomática, multifuncional e crônica que acontece quando há uma carência progressiva da massa óssea. Isso faz com que os ossos fiquem fragilizados e sofram fraturas com facilidade, podendo causar inabilidade física, transtornos psicológicos e reduzir a qualidade de vida do indivíduo.

Este é um mal que acomete, sobretudo, idosos e mulheres no período de pós-menopausa devido à redução dos hormônios sexuais e de alimentação inadequada, e por isso, é fundamental saber como prevenir a osteoporose. Quer conhecer algumas medidas eficazes para ter uma vida saudável? Confira!

Entenda como a alimentação pode ajudar na prevenção.

Independentemente de qual seja o seu objetivo, adotar uma alimentação saudável é importante, mas para evitar a osteoporose, alguns alimentos específicos podem contribuir com mais eficiência, como é o caso dos ovos, castanhas, espinafre, leites e seus derivados. Os laticínios e a vitamina D são dois fortes componentes para fortalecer os ossos, garantindo uma maior segurança na prevenção de determinadas fraturas.

Conheça algumas substancias que precisam ser suplementadas

Ter uma alimentação natural é muito importante para que o organismo funcione bem e para prevenir algumas doenças, como a osteoporose. No entanto, por vezes, o consumo de alimentos naturais não alcança a média necessária de vitaminas para suprir as taxas que o corpo precisa. A Central Nutrition oferece um suplemento completo que previne a osteoporose, o CALMAG DK2. Conheça melhor a ação de algumas substâncias que o compõe.

Suplementação de cálcio

O cálcio é um mineral indispensável para o organismo, sendo o responsável pela formação e fortalecimento dos dentes e dos ossos, por estimular impulsos nervosos, liberar hormônios e contribuir com a contração muscular.

Suplementação de magnésio

O magnésio ajuda a prevenir a osteoporose devido ao estímulo de hormônios, melhora o desempenho físico ao regular a funcionalidade dos músculos e dos nervos, faz o controle do açúcar no sangue e o aparecimento de doenças cardíacas, diminuindo o acúmulo de placas de gordura na corrente sanguínea.

Suplementação de vitamina D

A carência da vitamina D é constatada por meio de exame, e segundo o resultado, o médico receita a dose adequada para suplementar a alimentação. Essa suplementação é recomendada, principalmente, para pessoas em idade avançada e que não costumavam se expor ao sol, ou mesmo se expondo demonstram essa necessidade.

A vitamina D oferece saúde aos dentes e aos ossos, além de colaborar com o fortalecimento da musculatura para que a pessoa tenha um bom equilíbrio do corpo e reduzir a chance de ter câncer, diabetes e obesidade. A suplementação é indicada, também, em casos de raquitismo, osteomalácia e em caso de baixa taxa de cálcio e fosfato no sangue.

Suplementação de vitamina K

A vitamina K é lipossolúvel e tem três grupos que a compõe: K1, K2, K3, podendo ser suplementada para auxiliar na fixação do cálcio nos ossos. Quando a osteoporose é provocada devido à menopausa, uma dose baixa dessa vitamina pode melhorar a qualidade de vida.

Como observamos, aplicar medidas e saber como prevenir a osteoporose é essencial para ter a melhor idade com qualidade de vida e de forma ativa. É sempre recomendado não esperar apenas pelas substâncias dos alimentos naturais, por isso, procure a orientação de um médico para suplementar a sua alimentação com produtos apropriados para prevenir a osteoporose.

Gostou do artigo? Sabia que obter informações sobre esses e outros assuntos sobre saúde pode orientar a ter uma vida ativa e feliz? Então, assine a nossa newsletter para receber informações importantes para sua saúde.

Dr Rayane Pimentel

Dr Rayane Pimentel

Nutricionista
Nutri Advisor - Central Nutrition
@rayannepimentel.nutricionista

Você também pode gostar