Afinal, existe hora de comer? Saiba mais sobre esse assunto

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram

Atualmente, muitas pessoas têm a sorte de viver em um mundo com fácil acesso aos alimentos. Toda hora é hora de comer, não necessariamente quando precisamos de energia na forma de calorias. Comemos frequentemente por razões que nada têm a ver com as necessidades fisiológicas.

A comida pode nos fazer sentir bem e, muitas vezes, saborear um lanche rápido pode melhorar nosso humor, aumentar a produtividade do trabalho ou até facilitar os relacionamentos. Afinal, devemos comer em horários preestabelecidos ou sempre que sentirmos fome? Continue a leitura e descubra!

Existe um melhor horário para comer?

Um dos sinais mais básicos que nosso organismo percebe é a fome. Sabe aquele familiar barulho ou aquela sensação no estômago que nos permite saber que é hora de comer alguma coisa?

Isso acontece porque há liberação da grelina, um hormônio produzido no pâncreas e no estômago, que trabalha para estimular o apetite. A fome nada mais é do que a maneira de o corpo dizer que precisa de um aumento de energia, preferencialmente, na forma de algo nutritivo.

No entanto, pessoas diferentes funcionam de formas distintas: algumas necessitam comer a cada 3 horas, enquanto outras não. Há quem não saia de casa sem tomar café da manhã, mas há também quem prefere permanecer em jejum ao acordar. Independentemente do grupo ao qual você pertença, o mais importante é ouvir e respeitar seu corpo, tanto sobre a hora em que deve comer quanto quando deve parar.

Se você fornecer energia suficiente, isso será informado pelo cérebro, geralmente, 20 minutos após parar de comer. Coma devagar, sem distrações e abaixe a faca e o garfo quando o estômago disser basta. Aprender a interpretar corretamente esses sinais é extremamente importante.

No outro extremo, existem aqueles que esperam para comer quando o apetite está tão grande a ponto de serem capaz de devorar praticamente qualquer coisa. Isso, geralmente, resulta em excessos e escolhas ruins. Se o açúcar no sangue cai demais, a tendência é consumir o que estiver pela frente. Obviamente, isso é uma péssima ideia, principalmente para quem está em processo de emagrecimento.

Por que a fome é tão importante?

A fome é o sinal do corpo para pedir comida. Quando nosso estômago está vazio e os recursos energéticos de fácil acesso encontrados em nossa corrente sanguínea estão esgotados, recebemos um aceno que diz que é hora de comer.

Podemos consumir a comida nesse momento ou ignorar o sinal. Se estamos ocupados ou não temos tempo, nossas células decompõem a energia armazenada como combustível. Para pessoas que sofrem com determinadas doenças, como diabetes, essa queda extrema no açúcar no sangue pode ser ainda mais perigosa.

Já quando comemos antes de sentir a verdadeira fome, estamos acumulando combustível adicional em um tanque de gasolina já abastecido e qualquer excesso será armazenado como gordura corporal. Fazer isso ocasionalmente não é grande coisa, porém, com frequência, essa prática poderá levar ao excesso de peso.

Quais os benefícios de comer somente quando sentirmos fome?

Existem muitas vantagens em ouvir e respeitar nossos instintos. Entre elas:

  • aumentar o prazer da refeição;
  • facilitar a percepção dos sabores dos alimentos e da saciedade;
  • reduzir a ansiedade sobre horários rígidos;
  • contribuir no controle do peso;
  • melhorar a saúde e proporcionar mais disposição.

Manter-se nutrido deve ser um processo natural, não cheio de regras e regulamentos forçados. Comer respeitando nossos instintos é a melhor saída. Caso decida optar por seguir horários fixos, verifique se não está se forçando a comer, mesmo sem apetite. Você precisa ouvir atentamente os sinais: coma quando estiver com fome, pare no momento em que estiver saciado.

Agora você já sabe que mais importante do que a hora de comer é respeitar o nosso corpo. Lembre-se de que consumir uma variedade saudável de alimentos, que inclua frutas, vegetais, grãos integrais e fontes de proteína magra, é a melhor maneira de garantir mais saúde em sua rotina.

Gostou do conteúdo? Assine nossa newsletter e receba mais dicas diretamente em seu e-mail!

Você também pode gostar