Entenda as diferenças entre massa magra e massa gorda.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram

Quando pensamos em emagrecimento, a primeira coisa que vem à nossa cabeça é controlar o peso na balança. Porém, para quem pensa que basta fechar a boca e reduzir o peso, é bom saber que perder peso é diferente de emagrecer.

Ao iniciar a prática de exercícios físicos é comum ouvirmos os termos massa magra e massa gorda. Você já deve ter reparado isso na sua ficha de avaliação física da academia, não é mesmo? Com a rotina de exercícios, é normal esses parâmetros sofrerem alterações.

Mas, afinal, você sabe o que quer dizer massa magra e massa gorda? Continue a leitura e descubra!

O que é massa magra?

Aqueles que desejam ganhar músculos estão familiarizados com esse termo, mas você se engana ao pensar que massa magra se refere apenas aos músculos. Na verdade, ela corresponde a todas as estruturas do corpo que não são gordura.

Portanto, no seu peso de massa magra estão também os ossos, os ligamentos, os órgãos e os tendões. Os músculos correspondem apenas ao que chamamos de massa muscular. Ganhando massa muscular, podemos aumentar o percentual de massa magra do nosso corpo e isso pode ser feito por meio da prática de exercícios físicos.

Por que isso é interessante? A resposta é simples! A massa magra é responsável pelo funcionamento correto do nosso organismo. Você vai gostar de saber também que ela é responsável por manter seu metabolismo acelerado. Quanto mais rápido o seu metabolismo, mais fácil será a tarefa de perder calorias. Bom, não é?

O que é massa gorda?

A temida massa gorda se refere ao nosso percentual de gordura. No entanto, é importante você saber que, por mais fitness que você seja, é completamente normal e saudável ter gordura corporal.

Essa gordura tem muitas funções no nosso corpo, como proteger os órgãos, regular nossa temperatura, sintetizar hormônios, entre muitas outras. O grande problema é quando ela se encontra em excesso no organismo. Isso pode aumentar o risco de doenças crônicas como obesidade, hipertensão e diabetes.

Agora que você já sabe disso tudo, deve estar se perguntando como alterar os percentuais de massa magra e massa gorda. Vamos descobrir?

Como melhorar a composição corporal?

Depois dessas definições, ficou fácil entender que o ideal é que você perca gordura e não massa muscular. Sabe por que é importante ter isso em mente? Porque, quando entramos em dietas restritivas e fazemos exercícios excessivos com o objetivo de perder peso, começamos a perder massa magra também, o que não é legal para o seu organismo.

Então, como melhorar o percentual de massa magra e reduzir o percentual de gordura? A primeira coisa é praticar exercícios físicos, acompanhado por um profissional. Um bom educador físico conseguirá combinar exercícios anaeróbicos e aeróbicos para que você alcance os seus objetivos.

A segunda coisa é a adoção de uma alimentação equilibrada. Reduzir a quantidade de alimentos industrializados, beber bastante água e adequar a ingestão de proteínas, carboidratos, vitaminas e minerais são pontos importantes para melhorar a sua composição corporal. A suplementação de aminoácidos também pode prevenir a perda de massa muscular, quando usada adequadamente. Procure um profissional e tire as suas dúvidas.

Agora que você já sabe a diferença entre massa magra e massa gorda, não se esqueça de que, independentemente dos objetivos estéticos, comer bem e praticar exercícios sempre devem estar incluídos na sua rotina. A sua saúde agradece!

Gostou deste post? Aproveite para ler sobre qual é o melhor suplemento: os aminoácidos essenciais ou o whey protein? Confira!

Dr Rayane Pimentel

Dr Rayane Pimentel

Nutricionista
Nutri Advisor - Central Nutrition
@rayannepimentel.nutricionista

Você também pode gostar