Qual o melhor colágeno para a pele? Veja aqui!

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram

O colágeno é uma proteína que ajuda a manter a estrutura de diversos tecidos do nosso corpo. Além das funções estruturais, ele também tem o objetivo de proteção, pois está presente na sustentação de cartilagens, ossos, pele e tendões. Como existem diversos tipos, é comum se perguntar: qual o melhor colágeno para pele?

Desde o nascimento, nossas células sintetizam proteínas do colágeno, mantendo a elasticidade e a firmeza da pele e ainda protegendo e fortalecendo nossas articulações. Com o passar dos anos, essa capacidade diminui aos poucos, o que faz surgir os primeiros sintomas no aspecto da pele, das unhas e do cabelo.

Para evitar o envelhecimento precoce, preparamos este artigo para você saber qual o melhor colágeno para pele. Boa leitura!

Quais são os tipos de colágenos existentes?

Cada tipo de colágeno atua de maneira diferente. Saiba, a seguir, como cada um atua:

Tipo I

Esse é o mais abundante entre os tipos de colágeno, sendo encontrado na cartilagem fibrosa, nos tendões, no tecido conjuntivo denso e no tecido conjuntivo frouxo comum. O tipo I forma fibrilas longas e encorpadas que, quando organizadas, dão grande resistência aos tendões.

Dessa forma, esse colágeno melhora a saúde das juntas e fornece suporte para a elasticidade da pele. Também é importante para a saúde dos cabelos e das unhas.

Tipo II

Esse tipo de colágeno é produzido pelas células chamadas condrócitos, presentes no tecido cartilaginoso, e aparece na cartilagem elástica e na hialina. Sua forma é semelhante ao tipo I, no entanto, tem menor diâmetro.

O colágeno tipo II está presente nas cartilagens, nos olhos e nos discos intervertebrais. Por isso, é uma ótima solução para problemas nas articulações e cartilagens. Entre eles, está a artrite, em que o colágeno tipo II ajuda na recomposição.

Tipo III

Também em formato fibrilar, esse tipo é o segundo mais comum e é encontrado na pele, nos vasos arteriais, no útero e nos intestinos. Contudo, o tipo III é o primeiro a sofrer redução na produção natural do corpo.

Por meio da suplementação, é possível repor as quantidades ideais para o correto funcionamento do organismo. Nesse caso, ele é comercializado como colágeno hidrolisado.

Qual o melhor colágeno para a pele?

O colágeno hidrolisado é a melhor opção porque ele é mais bem absorvido no intestino. No entanto, seu efeito não é o de repor o colágeno que já foi perdido, mas sim de estimular a produção pelas nossas células. Esse tipo pode ser encontrado de três formas: pó, cápsula ou líquida.

Quando tomar colágeno?

Em geral, essa proteína é recomendada para pessoas que tenham problemas nas articulações ou estejam com mais de 30 anos. Além disso, ele também é indicado para quem não consegue consumir proteínas suficientes por meio da alimentação, o que pode trazer problemas articulares e acelerar a perda de firmeza da pele.

A recomendação de uso vale para pessoas que passam muito tempo expostas ao sol ou que fumam, pois esses fatores aceleram o envelhecimento da pele. O uso do suplemento alimentar hidrolisado de colágeno também pode ser feito para melhorar a cicatrização de cirurgias e feridas, favorecendo a redução de marcas.

Embora possa ser tomado com água, a ingestão de vitamina C junto ao colágeno é mais interessante. Essa combinação potencializa os efeitos da substância no organismo, por isso, é aconselhado tomar as cápsulas junto com uma fonte de vitamina C, como suco de laranja, limão, tangerina, abacaxi ou acerola.

É com o objetivo de melhorar a eficiência do colágeno que a Central Nutrition já traz a vitamina C na formulação do seu produto. A recomendação de uso é ingerir uma cápsula de 500 mg com água duas vezes ao dia, antes das principais refeições.

Quais são os benefícios do colágeno hidrolisado?

Entre os tipos de colágeno, o hidrolisado passa pelo processo de hidrólise. Isso significa que as moléculas são quebradas em partículas pequenas, o que permite que sejam absorvidas rapidamente pelo organismo.

Por melhorar a aparência da pele, existe uma grande procura pelo colágeno hidrolisado. Além do efeito rejuvenescedor, a suplementação desse nutriente também traz benefícios para as cartilagens e os ossos.

Entre os fatores que prejudicam a renovação celular e aceleram o processo de envelhecimento estão o estresse, o cigarro, a falta de sono, a exposição ao sol, a alimentação desequilibrada, o consumo de álcool e a má hidratação.

Agora que você sabe qual o melhor colágeno para a pele, confira alguns dos seus benefícios.

Melhora a firmeza da pele

O uso do colágeno hidrolisado melhora a elasticidade e a firmeza da parte mais profunda da pele, diminuindo a flacidez. Uma pesquisa realizada pela Universidade de São Paulo indicou uma melhoria da hidratação e da elasticidade da pele. O estudo também mostrou que o colágeno de uso tópico, presente em maquiagens, por exemplo, complementa o tratamento.

Fortalece as unhas, articulações e cabelos

O colágeno atua no fortalecimento de unhas frágeis e proporciona maior espessura, resistência, brilho e crescimento aos cabelos. Ele também exerce função importante no tratamento e na prevenção de dores articulares, osteoporose e artrose, e tem sido utilizado para reduzir a ocorrência de lesões na terceira idade, pois mantém o tecido muscular mais elástico e hidratado. Até mesmo lesões em atletas o colágeno hidrolisado é capaz de prevenir.

Previne o envelhecimento

A atividade da enzima que degrada as fibras de elastina e colágeno começa a partir dos 30 anos, dando início ao processo de envelhecimento. Por volta dos 50 anos, o corpo começa a apresentar taxas muito baixas da proteína.

Nessa fase, surgem flacidez, rugas, sulcos e alterações da textura da pele. A principal função do colágeno é servir de sustentação para a estrutura da cútis. Ele se organiza em fibras ou feixes na derme — camada intermediária — e seu objetivo é manter a firmeza, o tônus e a resistência. Por isso, é um importante aliado na prevenção do envelhecimento.

Agora que você já sabe qual o melhor colágeno para pele, pode investir em suplementos que auxiliam no processo de retardar o envelhecimento precoce. Também é importante buscar hábitos saudáveis, combinando prática de exercícios físicos e boa alimentação, além de evitar excesso de exposição ao sol.

Dr Rayane Pimentel

Dr Rayane Pimentel

Nutricionista
Nutri Advisor - Central Nutrition
@rayannepimentel.nutricionista

Você também pode gostar